Notícias Jurídicas

Arte padrão de decisão judicial. Foto da fachada e manchete da notícia.

O juiz do trabalho substituto da VT de Ananindeua, na região metropolitana de Belém, André dos Anjos Cruz, determinou a reintegração de um bancário demitido por justa causa, bem como o pagamento de todos os direitos e vantagens.

arte padrão mostrando fachada da sede do Tribunal e a notícia em manchete.

A Justiça do Trabalho homologou, na manhã dessa quarta-feira (28/04), em Abaetetuba, na região nordeste do estado do Pará, um acordo em ação trabalhista ajuizada pelos pais de um trabalhador que perdeu a vida em um acidente de trabalho.

Fundo branco com ilustração de um juiz na sua mesa de trabalho e um martelo na mão.

A partir de segunda-feira, 26 de abril, a Justiça do Trabalho da 8ª Região amplia a utilização de um canal direto de comunicação do público externo com os magistrados de 1º e 2º graus.

imagem com fundo azul, escrito o nome da sessão especializada I do Tribunal.

A Seção Especializada I julgará, no dia 22 de abril, a partir das 10h, a sua 319ª Pauta de Julgamentos de Processos Judiciais Eletrônicos.

Fachada Fórum de Ananindeua

O juiz do trabalho substituo, André dos Anjos Cruz , da 1ª Vara do Trabalho de Ananindeua, região metropolitana de Belém, emitiu sentença que anulou demissão por justa causa. O caso era de um empregado de banco privado que foi trabalhar contaminado pela Covid-19, mas não apresentava sintomas da doença.

Arte em azul, com logos brancas da JT8 e informação do texto.

Os desembargadores que compõem a Seção Especializada II reúnem-se nesta quinta-feira (15), a partir das 10h, para o julgamento da sua 287ª (Ducentésima Octagésima sétima) Pauta de Julgamentos.

martelo sobre teclado de computador

A Justiça do Trabalho em Altamira, no sudoeste do Pará, condenou uma empresa de navegação ao pagamento de indenização por danos morais coletivos, ao descumprir a cota mínima de aprendizes, prevista em lei.

foto de um martelo que bate sobre a mesa, representando o magistrado quando dá a sua sentença final.

A Justiça do Trabalho da 8ª Região indeferiu, neste sábado, 10/04, liminar contra mandado de segurança impetrado pelo Sindicato dos Estabelecimentos Particulares do Estado do Pará (SINEPE), que pedia a cassação da decisão que suspendeu o retorno presencial às atividades dos professores de escolas particulares em todo o Pará.

Imagem da juíza Tatyanne Alves  na sessão telepresencial. Ao fundo, painel sobre a campanha de doação e resmas de papel.

A 7ª Vara do Trabalho de Macapá, no estado do Amapá, tem recorrido ao uso da tecnologia para garantir a celeridade processual.

Foto de sala de sessão do TST. Com diversas cadeiras ao redor do palco, no estilo auditório.

No dia 19 de março, completa-se um ano desde que a Justiça do Trabalho suspendeu as atividades presenciais, com exceção dos serviços essenciais.

Páginas