II Marcha de Belém Contra o Trabalho Infantil
Faltam
0
dias
0
horas
0
minutos
0
segundos
Veja quem já está com a gente
Visita a UNICEF UNICEF
Visita a Prefeitura de Belém Prefeitura/Belém
Visita a ATEP ATEP
Visita ao Sebra, SESI e SESC Governo do Pará
A II Marcha ocorrerá em 1º de março de 2020

COMPROMISSO

A II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil é uma iniciativa da Justiça do Trabalho da Oitava Região, por meio da Comissão de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem, em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil.

A Marcha tem como objetivo reafirmar o compromisso coletivo de todos os parceiros, apoiadores e voluntários da Comissão do Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região de lutar por um Brasil sem Trabalho Infantil, na medida em que este perpetua a pobreza e representa entrave ao desenvolvimento sustentável de qualquer nação.

Essa grande mobilização ocorrerá no dia 1º de março, às 8h, com saída da Praça Pedro Teixeira (Escadinha da Estação das Docas) e dispersão prevista para o Largo do Redondo, na Avenida Nazaré, centro da cidade. A expectativa é reunir nas ruas da capital paraense cem mil pessoas, unidas na luta por um Brasil sem Trabalho Infantil.

A primeira edição da Marcha foi realizada em 2015 e mobilizou cerca de 30 mil pessoas. Agora em 2020, o evento integra o calendário de ações nacionais da Justiça do Trabalho.

Venha você também assumir esse compromisso junto com a Justiça do Trabalho: lutar por um país onde as crianças possam ter o direito de estudar, de brincar e de sonhar.

PROGRAMAÇÃO

Boi de Máscaras

O boi de máscaras de São Caetano de Odivelas é uma tradicional brincadeira originária do nordeste paraense. Piêrros, cabeçudos, buchudos, vaqueiros e outros animais também se juntam à grande festa que é realizada uma semana antes do calendário oficial das comemorações juninas. (Fonte do texto)

Arraial do Pavulagem

Nascido em 1987, o projeto Arraial do Pavulagem foi criado com o objetivo de valorização da música produzida na Amazônia. O Boi Pavulagem fez tanto sucesso que ,em 2003, o Arraial se tornou uma instituição e até hoje difunde a cultura amazônica através de linguagens como a música. O instituto é responsável por um dos eventos mais famosos em época junina na cidade de Belém: o Arrastão do Pavulagem. (Fonte do texto)

Escola de Samba Crias do Curro Velho

A Escola de Samba Crias do Curro Velho faz parte da Fundação Curro Velho e sempre faz um carnaval de modo sustentável, com material reaproveitado, contando com a participação da comunidade tanto na doação desses materiais quanto na produção de forma voluntária das fantasias, dos carros alegóricos e das máscaras, entre outros elementos. (Fonte do texto)

MAPA

Percurso da Escadinha do Cais do Porto até o Largo do Redondo

VISITAS REALIZADAS

Reunião com os comunicadores

19.02.20 - Reunião com os comunicadores

Apresentação II Marcha Ouvidoria de Segurança Pública

13.02.2020 - Apresentação II Marcha Ouvidoria de Segurança Pública

Apresentação da II Marcha de Belém para o Cesupa

12.02.2020 - Apresentação da II Marcha de Belém para o Cesupa

VER TODAS AS VISITAS

MARCHA DE 2015

I Marcha de Belém contra o trabalho Infantil

O dia 01 de março de 2015 entrou para a história da mobilização social no Pará. Nesse dia cerca de 30 mil pessoas manifestaram indignação e repúdio contra o trabalho infantil. A I Marcha de Belém Contra o Trabalho Infantil percorreu uma das principais avenidas da cidade de maneira lúdica e pioneira no combate a uma questão prioritária para a sociedade, que é a erradicação do trabalho infantil.

Coordenada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, com o apoio e organização de diversos parceiros , movimentos sociais e a imprensa, a I Marcha de Belém Contra o Trabalho Infantil foi um ato de afirmação e participação cidadã, reunindo milhares de pessoas em prol de uma infância plena.

A mobilização realizada nas ruas de Belém é uma das ações desenvolvidas pela Comissão de Combate ao Trabalho Infantil do TRT8 que, em agosto de 2014, desenvolveu em âmbito regional a Campanha da OIT “Cartão Vermelho ao Trabalho Infantil”. A partir da Campanha, mais de 80 parceiros da Justiça do Trabalho desenvolveram ações contra a exploração da mão de obra infantil.

As ações que envolveram escolas, estádios e universidades, em uma mobilização e conscientização de pais, estudantes, professores e população em geral sobre o tema, bem como a inserção de jovens de baixa renda em curso de formação de aprendizes, entre outras ações concretas, como a realização de pesquisa inédita na rede de ensino estadual e municipais, sobre a realidade do impacto do trabalho infantil na vida de crianças e adolescentes.

Foto de participante da 1º Marcha ocorrida em 2015
VER A GALERIA DA MARCHA DE 2015

NOTÍCIAS

Notícia: Unicef apoia a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil

Unicef apoia a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil

A II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil recebeu o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). Para Anyoli López, chefe do escritório da Unicef em Belém, ""É natural para o Unicef participar da Marcha, se comprometer e se engajar com esse objetivo de mobilizar milhões de pessoas para fortalecer essa ideia de que não podemos tolerar crianças e adolescentes trabalhando."

LER A NOTÍCIA
Notícia: ATEP apoia a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil

ATEP apoia a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil

O presidente da Associação da Advocacia Trabalhista do Estado do Pará (ATEP), Daniel Rodrigues Cruz, manifestou apoio a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil. O oficial titular do Cartório do I Ofício de Belém, Cleomar Carneiro de Moura, também aderiu à II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil. Em visita ao TRT8, o oficial garantiu participação no evento.

LER A NOTÍCIA
Notícia: Empresários do setor supermercadistas apoiam a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil

Empresários do setor supermercadistas apoiam a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil

Os empresários garantiram participação na II Marcha de Belém no dia 01 de março. "Nós apoiamos porque achamos que lugar de criança é na escola e só quando adulta ser inserida no mercado de trabalho", disse Jorge Portugal.

LER A NOTÍCIA
Notícia: Prefeitura de Belém garante apoio oficial a II Marcha contra o Trabalho Infantil

Prefeitura de Belém garante apoio oficial a II Marcha contra o Trabalho Infantil

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, em reunião, na última quarta-feira( 5), com as gestoras da Comissão de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem do TRT8, desembargadora Zuíla Dutra e juíza Vanilza Malcher, declarou apoio à II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil.

LER A NOTÍCIA
Notícia: Instituições de ensino superior são parceiras da II Marcha de Belém

Instituições de ensino superior são parceiras da II Marcha de Belém

A Universidade da Amazônia (UNAMA) e a Estácio participarão da Marcha com seu corpo de alunos e professores. No ano passado, a UNAMA foi parceira da Justiça do Trabalho nas ações que a comissão promoveu durante o carnaval dentro do Projeto Ninho da Coruja.

LER A NOTÍCIA
Notícia: II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil mobiliza escolas públicas, conselhos tutelares, clubes de futebol e Associação dos Magistrados Trabalhistas

II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil mobiliza escolas públicas, conselhos tutelares, clubes de futebol e Associação dos Magistrados Trabalhistas

Diretores de escolas públicas de Belém e Ananindeua, conselheiros tutelares dos dois municípios, Associação dos Magistrados Trabalhistas, representantes de entidades que atuam na proteção de crianças e adolescentes, além de representantes de Clubes de Futebol , participaram na quinta (23) de uma reunião com as gestoras da Comissão de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem do TRT8.

LER A NOTÍCIA
Notícia: Camisetas da II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil podem ser adquiridas no Cejusc Belém

Camisetas da II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil podem ser adquiridas no Cejusc Belém

A camiseta oficial da II Marcha está disponível, para quem quiser adquirir, no CEJUSC Belém, que funciona no 1º andar do Fórum Trabalhista de Belém. Ao adquirir, você está contribuindo com as ações de educação e cidadania que são desenvolvidas pela Comissão com jovens de Belém e Ananindeua.

LER A NOTÍCIA
Notícia: Veículos de Comunicação são parceiros da II Marcha contra o Trabalho Infantil

Veículos de Comunicação são parceiros da II Marcha contra o Trabalho Infantil

A II Marcha de Belém contra o trabalho infantil, evento que será realizado, no dia 1º de março ganhou apoio dos principais veículos de comunicação do Pará.

LER A NOTÍCIA
Notícia: autoridades do TJ, MPE e TRT8

Ministério Público do Estado e Tribunal de Justiça do Pará confirmam participação na II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) aderiu à II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil, uma iniciativa da Justiça do Trabalho em parceria com o Ministério Público do Trabalho e Fórum Paraense de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, que ocorrerá no dia 01 de março em Belém. A marcha tem o objetivo de lutar pela garantia dos direitos das crianças e dos adolescente

LER A NOTÍCIA
Notícia: integrantes da CNBB e TRT8

CNBB Norte 2 e Igreja Quadrangular apoiam a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil

A Comissão Justiça e Paz da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil Norte II (CNBB) recebeu, na tarde desta terça (21), as gestoras da Comissão de Combate ao trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem do TRT8. Na visita, a desembargadora Zuíla Dutra e a juíza Vanilza Malcher apresentaram as peças da II Marcha de Belém contra o trabalho infantil e pediram apoio da entidade para o evento, que deve mobilizar cem mil pessoas nas ruas de Belém no dia 1º de março de 2020.

LER A NOTÍCIA
Notícia: integrantes do Governo do Estado e TRT8

A II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil ganha apoios oficiais

A II Marcha de Belém contra o trabalho infantil, mobilização em prol de crianças e adolescentes, realizada pela Justiça do Trabalho em parceria com o Ministério Público do Trabalho e o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, ganhou apoio oficial do Governo do Pará nessa segunda-feira (20).

LER A NOTÍCIA

GALERIA

CAMPANHA

As peças que compõem a campanha de divulgação da II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil foram criadas pela Ascom do TR8. O material reúne camiseta, ventarola, banner, bottom, busdoor e faixas, entre outros.

Optou-se pelo uso do cata-vento de cinco pontas coloridas (azul, vermelha, verde, amarela e laranja).O cata-vento é o símbolo da luta contra o trabalho infantil no Brasil e no mundo por ter um sentido lúdico e por expressar a alegria que deve estar presente na vida das crianças e dos adolescentes. O ícone representa ainda movimento, sinergia e a realização de ações permanentes e articuladas para a prevenção e a erradicação do trabalho infantil.

Banner 100cm x 150cm

Arte do banner do evento

Caso deseje alguma peça adicional da campanha, solicite por meio do e-mail ascom@trt8.jus.br